quinta-feira, 19 de maio de 2022

Jardim do amor

Fecho meus olhos e viajo no jardim
De minha alma... o meu mundo!
De beleza sem igual, sem fim
Onde encontro meu Eu profundo...

No meu jardim é mais azul o céu 
É mais vibrante o dourado do sol 
Meu olhar é límpido, não há véu 
No fim de tarde é lindo o arrebol!

Há flores... É sempre primavera
Borboletas voam por todo lado
Em cada rosa pousa um beija flor...

Como uma loucura, uma quimera
Estás no meu jardim encantado
E transborda meu coração de amor!

Nádia Santos 
19/05/22

Um comentário:

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos

É quase inverno...

O sol já nasceu... Eu nem vi... Haviam tantas nuvens escuras Assim não percebi, nem senti Seu calor que é poderosa cura! . O inf...