domingo, 11 de setembro de 2016

Meus desejos são seus


Gosto do silêncio da noite...
Nela e para ela me entrego
Ouvindo apenas meus desejos
E dos preconceitos desapego

Gosto do silêncio da noite...
Quando me permito relaxada
Deixar ir para longe o pensamento
Também minha alma apaixonada...

Que foi sussurrar no seu ouvido
Que estou desejosa de ti, amor meu
E que meu corpo agora adormecido
Precisa da cura, que encontrará no seu!

Nádia Santos
11/09/16