segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Meu mundo

O meu mundo que
De normal nada tem
Está sempre florido
À espera de alguém...
E ele encontrará
Todas as portas abertas...
E minha loucura
Imperfeição e intensidade
Será a certeza que
Finalmente, somos 
iguais e um do outro.
Encerrando nossa busca
E enfim, iniciando
Nossa imperfeita e
Apaixonante realidade.
- Por onde andas?
     Por que demoras?

Nádia Santos
12/12/16 

5 comentários:

  1. Lindo! Um dia ele chegará! Acredita...

    Gostava de receber a sua visita-http://prazeresecarinhossexuais.blogspot.pt/

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Um poema muito bonito numa imagem perfeita! Parabéns

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Muita paz e saúde no natal e em todos os dias do ano! Que o verdadeiro sentido do amor seja presente em todos os momentos, sempre! Felicidade. Ives Vietro

    ResponderExcluir
  4. Belo momento lírico, amiga Nádia. Um abraço. Tenhas uma linda tarde.

    ResponderExcluir
  5. Que este amor, este encontro de corações possa acontecer e todas as flores do mundo irão desabrochar para ver a festa do amor se realizar. Intenso e belo Nadia.
    Belo trabalho e inspiração que lhe é peculiar.
    Penso que troquei seu nome na postagem atual, kkk.
    Beijos querida amiga.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos