domingo, 4 de dezembro de 2016

Apaixonadamente


Assim brotam os meus versos
Sempre intensos e ardentes
E tão infinito quanto o universo
É o amor que borbulha insistente!

É tanto o que tenho para ti guardado
Amor, carinho, desejo, ternura...
Recebe-me e tudo te será ofertado
Que de paixão te levarei a loucura!

Amorosamente esperarei a doação...
Que venha espontânea e de coração
E que te entregues loucamente...

Como mendiga te receberei voluptuoso
Para ti darei carinho e beijos ardorosos
Amando-te intensa e apaixonadamente!

Nádia Santos
04/12/16


Um comentário:

  1. Sempre amorosa nos poemas. Mas um, muito bonito!

    Beijos-Bom Domingo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos