quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Minhas mãos


Repleta de encanto e beleza 
Tocando teu corpo aos poucos 
Dotada de lascívia e de leveza 
Minhas mãos te deixam louco 
Com as marcas de sua delicadeza

Minhas mãos por vezes nervosas 
Descontroladas e até dementes 
Tornam-se atrevidas, voluptuosas 
Querem acariciar-te ardentemente 
Enquanto a ti falam silenciosas...

São convincentes minhas mãos 
Por vezes se fazem inocentes 
Querem teu corpo com sofreguidão 
A ele se agarram firmemente 
E faz com que se entregue à paixão

Nádia Santos

4 comentários:

  1. O sentido do Toque é um catalisador portentoso...

    ResponderExcluir
  2. Um poema lindo demais. Parabéns amiga

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Lindo o poder que o toque pode criar e ou recriar emoções, que nos levam ao paraíso.
    Bonito e quente amiga.
    Bjs

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos