sábado, 22 de outubro de 2016

Com loucura te abraçar...


O tempo passa depressa
Não me permite te amar
E o meu corpo há dias desperta
Desejando com loucura te abraçar...
Mas essa dúvida que maltrata
Quando lentamente se vai o dia
Deixa-me triste a pensar
Se ainda vou ter a alegria...
De te ver... De te tocar...
E de vez afastar essa agonia!
Mas só resta enfim esperar
Fitar teu olhar com ternura
E que finalmente possas enxergar
O que tanto guardo no meu olhar
E que é só para ti, essa loucura!

Nádia Santos
15/10/16

6 comentários:

  1. E que loucura boa! Sempre a intensidade nos seus poemas. Beijos, Nádia.

    ResponderExcluir
  2. Como sempre, adoro ler-te.

    Beijo. Bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  3. Um grito de saudade de um coração apaixonado
    .
    Feliz fim de semana

    ResponderExcluir
  4. Nádia.... você deixa poemas aqui como quem escreve na areia... delícia te ler... e essa foto!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Intenso,delícia de poema. Nádia!Parabéns

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos