quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Vontades de um corpo


Boca desejando
Outra boca voluptuosa...
Braços que querem se
Entrelaçar a outros braços...
Mãos ardentes que querem
Tocar... acariciar... apertar...
Pernas agitadas desejando
Se confundir com outras...
Olhos que procuram outros olhos
Para mergulhos profundos...
Ouvidos ansiosos por ouvirem
O incompreensível,
Coisas sem nexo...
Sexo desejando outro sexo
Para se encharcar...
Para se encaixar...
Para se completar com voracidade...
Assim adormece e desperta
Meu corpo, desejando a ti
Enlouquecido de vontades...

Nádia Santos
03/08/16

2 comentários:

  1. Linda composição, Nádia linda!! Bjs!!!

    ResponderExcluir
  2. Delícia de poema..."Sexo desejando outro sexo, Para se encharcar... Para se encaixar...Para se completar com voracidade..."....
    Uiiiiiiii!!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos