domingo, 20 de março de 2016

Divinos Braços

Apossa-te de tudo que quiseres
Toma amor todo o corpo meu
Não importa o momento, pedes!
Porque tudo querido, tudo é teu!

Desafoga em mim teus loucos desejos
No meu corpo repousa o teu cansaço
Mata em minha boca tua sede de beijos
Ou faz dos meus seios teu regaço

Silencia querido, se tu quiseres assim...
Pousa tua cabeça sobre meus joelhos
Ou chora, que terás conforto de mim
Darei a ti atenção, carinho, conselhos...

Amor imenso, minha devotada paixão
Sabes que terás tudo o que quiser...
O calor de minha alma, corpo e coração
E os meus braços divinos de mulher!

Nádia Santos

4 comentários:

  1. Excelente! Adorei, Nádia!

    Excelente semana...Beijinho.

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  2. Um poema tão sedutor que me arrisco a dizer: Do mais belo que já li,
    .
    Deixo cumprimentos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Nádia.
    Lindíssimo, e intenso!
    Feliz Páscoa pra você.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos