sábado, 2 de janeiro de 2016

-----


Não quero me encontrar!
Sei muito bem o que sou,
Aonde estou e o que quero!
Desejo mesmo é me perder...
Me perder em ti, no teu prazer
Inúmeras vezes morrer
Para renascer no teu sentir...
Me perder no teu corpo
No teu querer, 
Inúmeras vezes morrer
Para outra vez renascer...
Renascer para te sentir.

Nádia Santos

7 comentários:

  1. Lindoooo!!

    Beijo, bom fim de semana.
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Assim é o desejo de amar, que tanto nos impulsiona.
    Que seja amiga toda forma de amar e espalhar em poesia.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, cara amiga Nádia. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um maravilhoso 2016.

    ResponderExcluir
  4. Hummmmm. Imagino-te... perdida de gozo e prazer. Belo desejo feito em palavras poéticas
    .
    Hoje lá no cantinho falo de:
    Sexo: Posição 69 .. . Seus contornos sensuais e envolventes.
    .
    Desejo um Domingo Feliz.

    ResponderExcluir
  5. Menina bonita quanta inspiração...cuidado pra não passar do lado do amor e não vê-lo...rsrsrsr...porque acredito que o amor está no Ar.....

    Bjs querida e olha mil vezes felicidades para ti.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite querida poetisa..
    somos perfeitos na vida e na poesia..
    tudo esta alinhado para a gente se encontrar em si mesmo.. beijos meus e desculpe ausência...
    trabalhos rsrs me quebrei srs
    bjsss

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos