terça-feira, 24 de novembro de 2015

Dentro do teu olhar (II)


Fixo meu olhar dentro do teu olhar
Esse mundo intensamente expressivo
Com tantos  mistérios a desvendar
E fica o meu olhar do teu cativo...

Fixo meu olhar dentro do teu olhar
E vejo minha imagem refletida
A louca vontade de tanto te amar
E a imensa felicidade contida!

Nesse teu olhar tão cheio de calor
Quero me ver sempre, meu amor
Habitando o (a)mar que me tira a calma

Olhos tão lindos que transmitem doçura
Que me fazem imaginar tanta loucura
Que deixa tão apaixonada minha alma!!!

Nádia Santos

11 comentários:

  1. E assim escreve uma mulher linda e apaixonada
    Amei... parabéns!

    Beijo de boa noite

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Somente o amor arrancas velos versos e colocam no colo do soneto.
    Inspirada e acelerada Nádia meus aplausos na linda e quende inspiração.
    Um abração para você querida amiga.
    Beijo de paz e luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sempre um prazer ler seus comentário Toninho, bjusss meu querido.

      Excluir
  3. Que lindo, Nadia...
    Parabéns...
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sdd de vc e dos seus versos...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Nádia sempre intensa. Que poesia deliciosa hein menina. Mil beijos, saudades !

    Dan
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos