sexta-feira, 1 de maio de 2015

Como um oásis


Não consigo te encontrar 
Em minha cama fria
Com os olhos abertos, 
Que sem a tua presença
É um lugar de tortura, 
Um imenso deserto...
Preciso fechar meus olhos 
Para viver meus  delírios!
E te vejo como um oásis salvador
Que surge para aplacar meu calor 
E para saciar minha sede... 
De beijos de amor!

Nádia Santos

6 comentários:

  1. Bom dia
    Sempre bem inspirada ...Gostei

    Beijo e bom feriado

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Nádia Lindo adorei a menina está sempre bem inspirada. Bom dia do trabalhador e bom fim de semana.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  3. Nádia.
    Que bela poesia menina!
    A sua inspiração está na sua pele que derrama versos maviosos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Melhor do que um oásis, é ler teu delirante poema,deixando-se transportar nas veias da paixão.

    Parabéns deusa,
    Bjs,
    Dan

    ResponderExcluir
  5. Estimada, Nádia.

    Maravilhosamente, Maravilhoso o seu poema
    Desejo-te, um fim de semana memorável.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos