segunda-feira, 16 de março de 2015

Ondas de rimas


O mar me encanta, me fascina,
me inspira e... me assusta!
Não tem como não pensar em
poesia ao olhar o mar... Fica
meu coração irradiando alegria!
Amo o vai e vem das ondas e
assim é a poesia em minha vida...
Um vai e vem de rimas que
docemente me contagia.
No mar não me ouso... A ele
respeito... vou com jeito.
Mas na poesia mergulho
profundo... Quando em ondas,
as rimas se formam, vou no
embalo e navego nesse (a)mar
que me enriquece e me faz,
docemente... sonhar!

Nádia Santos
16/03/15
As duas fotos foram tiradas do meu celular,
na Praia de Boa Viagem-Recife-PE

12 comentários:

  1. Oi Nádia
    Adorei suas ondas rimadas e a linda praia também.
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São como ondas, a inspiração quando nos invade Dorli, bjusss

      Excluir
  2. Feliz de quem carrega este mar nos olhos....!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo distante o mar é inspirador. Bjus Nidja

      Excluir
  3. O mar é a poesia que nos dá as inspirações.
    Eu também adoro o mar.
    bjs Nádia e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Escandalosamente fascinante Bell.... bjusss.

      Excluir
  5. Sempre com boas e bonitas inspirações
    Adorei

    Beijinho e um dia feliz
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Boa Noite Amiga.
    Gosto muito de ler seus poemas são delicados com palavras suaves
    delicadas ao falar de amor.
    A maneira magnifica, q fala da beleza do mar com suas ondas ,que muitas vezes parece mexer com a alma do do poeta.
    Uma noite abençoada .
    Beijos...Evanir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço a visita e o carinhoso comentário Evanir, bjus e boa noite.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos