domingo, 22 de fevereiro de 2015

Lábios cor de carmim

E é sempre ao entardecer
Quando o sol lento se vai
Que envolve-me o corpo
Um desejo que se sobressai...

É uma vontade de teus braços...
É um desejo de tua boca...
É o querer de tuas carícias...
Que ao pensar fico louca!

Imagino-me para ti linda...
Vestida para te conquistar
Enquanto a tarde se finda...

Estendo meus braços enfim
Meu corpo, que sonhas amar
E meus lábios cor de carmim...

Nádia Santos
22/02/15

14 comentários:

  1. Lindo poema para um inicio de semana. Adorei

    Beijo e uma semana de paz.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Que lindo...Dá pra imaginar...
    Beijos, Nádia!

    ResponderExcluir
  3. Um pedido muito especial para o amado.
    bjs amiga Nádia e um ótimo inicio de semana.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  4. Quando uma poetisa se levanta
    E resolve tão bem escrever
    Faz poemas que a todos encanta
    Mormente ao ... entardecer
    ...........
    Mais uma pérola poética.

    .....................
    Deixo cumprimentos
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses meus amigos são tão generoso... Obg Ricardo, bjus.

      Excluir
  5. Somente as grandes poetisas conseguem se mostrar tão lindas como você consegue com seus versos.
    Beijos,
    Élys.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Élys obrigada, coisa mais linda de se ler. Um bj

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos