terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Dois céus

Quero a noite me perder
E deitar nas veredas sem fim
Que existem em teu corpo
Deixando-me fora de mim!

Quero feliz extravasar
E cantar melodias amorosas
Pois minha alma anda perdida
E por tanta paixão luxuriosa

Presa nesses dois lindos céus
Que estão no azul do teu olhar
Absorverei o livro do teu ser
E sentirás enfim o meu amar

Nádia Santos
10/02/15

4 comentários:

  1. Como é bom estar feliz!!!
    Acontecem assim poemas Perfeitos!

    Dia feliz. beijinho
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema, amiga Nádia. Um abraço. Tenhas uma boa tarde.

    ResponderExcluir
  3. Com, sempre um lindo poema que extravasa a alegria da felicidade.
    Seu Blog está lindo!
    Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  4. Quadra divina e poeticamente linda...

    яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα
    =';'=

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos