sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Amo-te!

(Meu amor)

Amo-te nessa ausência
Que nos impõe a vida
Alimentando esse amor
Sem tamanho, sem medida

Amo-te com toda doçura
Na delicadeza do sentimento
Amo-te com essa loucura
Que me toma a todo momento

Amo o céu... perdidamente
Amo o mar... loucamente
Porque vejo o brilho do teu olhar...

E quando sorrir tua boca
Vejo nela um céu, fico louca
E desejo ardentemente te amar!

Nádia Santos
29/12/14

6 comentários:

  1. Lindo de mais!Amei

    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obg Cidália, são versos de amor para o meu amor. Bjusss

      Excluir
  2. Nádia Mais um belo poema amei ler o amor fala sempre mais alto. Bom ano de 2015 para ti e família.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando estamos apaixonados é assim... o coração fica trnsbordando e nada como por no papel o sentimento. Bjus Manuel e feliz 2015.

      Excluir
  3. Nádia, que apaixonante esses teus versos!

    Bjoo'o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu amado também ficou encantado rsrsr, fiz pra ele. Bjus Simone.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos