terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Por horas sem fim

Em meu pensamento
Trago-te todo em mim
Seja dia... seja noite
Por horas sem fim...

Trás-me paz e alegria
A tua doce lembrança
Acalmando minha alma
Vela acessa da esperança!

És o mar que acalma
És o vento que passa...
És a brisa que me envolve
Arrepia e me abraça

Ora calmo, ora revolto
És meu (a)mar misterioso
Onde meu corpo deseja
Mergulhar  ardoroso...

Iluminando-me o caminho
Tu és como a lua a brilhar
Teus olhos minhas estrelas
Bem azul da cor do mar

Nádia Santos
07/12/14




6 comentários:

  1. Que lindo, e com uma boa dose de amor e romantismo.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Tão bonito Nádia
    Ainda bem que teu coração está feliz, que bom :-)

    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Viu\?
    Eu sabia que você ia acabar achando seus poemas!

    ResponderExcluir
  4. Nádia,
    O amor deixa nosso sorriso mais verdadeiro e nos da uma vontade louca de amar.
    Beijos
    Dorli

    ResponderExcluir
  5. Magnífico mar de amor!
    Cá estou também poetisa rainha!!

    яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα...
    =';'=

    ResponderExcluir
  6. Ornamentadas frases com a natureza
    alinhamento perfeito e poético!

    abraços ives vietro

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos