segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

De repente... Você!

De repente, vejo voando
no jardim de minha alma
mas de mil borboletas!
De onde vieram, não sei...
Mas chegaram iluminando
tudo com suas lindas cores.

De repente, vejo voando
no jardim de minha alma
mais de mil pássaros!
De onde surgiram não sei...
Mas chegaram enchendo tudo
de alegria com seus cantos!

De repente vejo caminhando
no jardim de minha alma, Você!
Que surgiu não sei de onde
trazendo as borboletas... os
pássaros... o amor e a paixão
e devolvendo a felicidade
a minha vida e ao meu coração!

Nádia Santos
29/11/14

10 comentários:

  1. Olá Nádia, mudei o endereço e estou revendo os amigos pra atualizar: http://diaderenascer.blogspot.com.br/ te espero lá, bjs

    ResponderExcluir
  2. E de repente o amor surge. e eis que a felicidade acontece. Que bonito fresco e perfumado poema, adorei.

    Beijinhos e uma excelente semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhhh.... quem espera muitas vezes alcança... rsrsrsr Maravilhoso! Um bj

      Excluir
  3. Bom dia querida libriana !
    Coisa boa é começar o dia com uma poesia assim. O amor nos dá boas inspirações, deixe apenas que a imaginação corra solta.

    Beijão amiga,
    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sua Alma se comunicou de maneira belissima com quem te visita .... A mim foi asssim ... por isso voltarei ...
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde Nádia
    O coração está em festa, a alma anda por um jardim maravilhoso, quando apaixonada. Maneira bela de expressar o amor.
    bjn amg

    ResponderExcluir
  6. Genial! Adorei imenso o poema, aqueceu o meu coração!

    xoxo, Sofia Pinto

    Morning Dreams |Participa no Christmas GIVEAWAY

    ResponderExcluir
  7. Delicia estar sob os efeitos do amor.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos