domingo, 19 de outubro de 2014

Que bom que amanhece...

Quantas vezes terei que presenciar
a lindos finais de tarde e quantas
vezes terei que assistir a linda lua
surgir no céu, sozinha... Sem abraços...
sem carinhos... sem palavras de amor
sussurradas no ouvido de mansinho...

Por quantas noites mais, ficarei
olhando para a imensidão em que
se transforma  o pequeno espaço
que é minha cama, tão arrumada, 
tão fria... quando preferia era vê-la, 
totalmente desalinhada...

Quantas vezes terei que me deitar
sonhando em realizar meus sonhos
de amor... minhas fantasias ardentes...
E muitas vezes, adormecendo, com
os olhos encharcados, acarinhada
apenas por minha solidão, tão fria
mas nos últimos tempos, minha
única companhia...

Mas que bom que amanhece...
Que vem o sol... E assim posso
pensar que tive apenas mais uma
noite de sonhos tristes e que agora ,
com um novo dia eu volte a sonhar
que, de repente, tu vai chegar e vai 
trazer felicidade ao meu viver...

Sempre estarei esperando
por ti... querido AMOR!

Nádia Santos

20 comentários:

  1. Boa noite Nádia

    Dou-te os parabéns pela belissima inspiração.. Amei..

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fica fácil de escrever, quando se sente...
      Escrevi apenas o que sinto minha amiga. Bjus pra ti Cidália

      Excluir
  2. Lindo e expressivo poema... concluído de forma brilhante!
    Abraço, Nádia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradçoe o carinho da visita Viviani, um abraço.

      Excluir
  3. Oi Nádia
    Paz

    Muitos vendem ilusões - se de qualidade eu as compro.
    Quanto estás pedindo de aplausos sinceros?
    Alberto Filho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de mais nada seja bem vindo ao meu espaço Alberto. Quanto ao teu comentário, lindo... lindo, fiquei sem palavras... Então, muito obrigada! Um carinhoso beijo.

      Excluir
  4. Compartilhar tudo que achamos lindo na vida ao lado de alguém é sonho de quase toda criatura!! E isso, vc expressou lindamente bem. Adorei!

    Bjoo'o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu, sou mais uma dessas criaturas Simone. Um bj querida.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Olá Gian, há quanto tempo... Bom revê-lo. beijos e tudo de bom para ti nessa semana nova

      Excluir
  6. oi Ná

    A mulher sempre sonha, e espera, esperar é o mais sábio.
    A realidade é que por ai ta cheio de moleques, homens mesmo tem poucos...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos sonhadoras por natureza.
      Bjussss querida Bell

      Excluir
  7. Boa tarde poetisa querida.. uma poesia profunda e vestida de esperança.. afinal o amor só é alcançado quando a esperança de manter ele vivo dá uma forcinha a gente.. beijos meus e até sempre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem sonha, tem sempre a esperança de ver seu sonho realizado não é poeta. Doces bjusss

      Excluir
  8. Nadia, querida amiga!

    Profundamente inspirado, poético.
    Amei demais...beijos
    veraportella

    ResponderExcluir
  9. Outras noites virão, por certo, mais "desalinhadas" e gostosas...
    Até lá, fica o teu excelente poema (uma coisa que admiro na tua poesia é a musicalidade das frases).
    Tem uma boa semana, querida amiga Nádia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Virão sim Nilson, eu mereço. Bjus doces meu querido.

      Excluir
  10. Que maravilhoso blog, com belíssimos poemas. Meus aplausos. voltarei com certeza. Feliz semana. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edith, é um prazer a sua presença aqui e agradeço as carinhosas palavras, volte sempre e fique a vontade. Bjusss

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos