quinta-feira, 2 de outubro de 2014

(A)mar de amor


No jardim que há em mim,
Poucos conseguem sentir
O perfume das flores que nele existe
E nem tão pouco enxergá-lo pois
Somente com um olhar amoroso
Somente com os olhos da alma
Conseguem visualizá-lo...
E conseguindo, poderá
Mergulhar no (a)mar de amor 
Que trago dentro de mim.
E assim que nele se instalar
Esse alguém terá de mim atenção
Entrega ardente e devoção 
E minha intensa maneira de amar.

Nádia Santos
02/10/14


9 comentários:

  1. Bom dia

    Você é fogo :-) Mais um poema bonito.Gostei muito

    Bom fim de semana, beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Só quem tem amor no coração enxerga o outro por dentro.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Como dizia CFA, 'uma alma especial reconhece de imadiato a outra"
    Lindo, lindo, viu?

    Beijo'os

    ResponderExcluir
  4. Olá, bom tudo, para você, Nádia Santos
    Neste dia de sábado, doado-nos graciosamente pelo Criador, estou cá, com o sentimento de amizade, respeito e alegria, à saudar-te.
    Viva, o dom da Vida.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde, certamente que se consegue olhar, sentir em si as flores do amor.
    O poema é magico.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. Poucos conseguem olhar com os olhos da alma, por isso, acontecem os desencontros...
    Beijos, Nádia!

    ResponderExcluir
  7. Nádia , você empresta o jardim que se encontra em sua alma para nos brindar com belos poemas , como este . Obrigada por partilhar e pelas visitas ao meu espaço . Beijos e boa semana .

    ResponderExcluir
  8. Existe uma imensa dificuldade em ver o outro e o seu interior.
    Porque as pessoas olham cada vez mais para o seu umbigo e não enxergam, por isso, jardins lindíssimos que há na alma de algumas pessoas (a tua, por exemplo, é um jardim multicolorido...).
    Gostei do teu poema, é magnífico.
    Tem um bom domingo e uma boa semana, querida amiga Nádia.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Oi Nadia,
    Que poesia linda!
    Hoje em dia são poucas pessoas que conseguem com um sorriso enxergar o nosso coração e valorizar o nosso amor. A vida é uma luta pela sobrevivência, não sobrando muito tempo para o amor.
    Boa segunda-feira
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos