sábado, 13 de setembro de 2014

Vontade de te amar


Fecho meus olhos e me permito
Mergulhar nas minhas lembranças
Num canto qualquer...
Mas de repente meu pensamento
É invadido por ti e tudo muda!
Tudo ganha luz e muita cor
E o mundo participa de minha euforia,
De toda minha felicidade!
Tudo passa a fazer parte
De minhas loucas fantasias...
Esqueço da tristeza de ontem
E já não me interesso pelo amanhã...
O que existe é o agora
E aquieto-me para deixar
Que meu pensamento e minha alma
Corram, desatinadas, 
Desejando te encontrar!
Para soprar no teu ouvido
Minha louca vontade de te amar...

Nádia Santos
13/09/14






5 comentários:

  1. " Minha louca vontade de te amar "... Só escreve sobre o amor quem sabe o que é,ou se não consegue definir,consegue sentir. - Um abraço e fica com Deus.- Parabéns por tudo que escreves,grande Poetisa.

    ResponderExcluir
  2. Um poema muito belo e honesto. Porque todos nós temos esse desejo louco de amar alguém.
    Gostei muito, Nádia.
    xx

    ResponderExcluir
  3. Sempre fantástica na tua maneira de escrever! Amei

    Beijos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. A vontade que acelera as emoções e faz esta bela inspiração.
    Parabéns Nádia com este sempre belo canto ao amor.
    Um abração.
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Nádia,
    O amor é o bálsamo que embebe os nossos sonhos, cabe a nós procurá-lo e cuidar com carinho
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos