segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Te amo...

Grito ao mundo
O amor, o desejo, a paixão
Que sinto loucamente por ti,
Mas ninguém percebe...
Pois eles não conseguem
Decifrar a felicidade
Que trago estampada
No meu sorriso bobo
E no intenso brilho 
Do meu olhar...

- Te amo 
e só eu sei o quanto...

Nádia Santos
15/09/14

9 comentários:

  1. Nadia!!!
    Que delícia de liberdade
    essa de declarar o amor
    da gente.
    Somente gente livre sabe fazer uso
    dessa dádiva e que
    se dane o mundo.
    Adoro.
    Bjins
    CatiahoAlc.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Nádia

    Que bonita declaração.. que bom seria se fosses correspondida.

    Beijinhos

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema, amiga Nádia. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

    ResponderExcluir
  4. oi Ná

    Lindo e apaixonante.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Belo poema, simples e de grande eloquência.
    xx

    ResponderExcluir
  6. Lindo esse grito ao mundo e dizer ao amado que ama.
    bjs amiga Nádia e obrigada pela visita.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  7. Gritar o amor é sinônomio de liberdade e fica encantador sendo aravés de um lindo poiema.
    Beijos,
    Élys.

    ResponderExcluir
  8. Basta! Quem esta apaixonado tem dentro de si o universo, canhoeira, canto de pássaros, transpira felicidade por todos os poros, exala tranquilidade. Tem o brilho no olhar insuspeito, a felicidade mal cabe no peito. É uma nuvem, uma pluma, uma brisa, não anda, desliza. Se sente a pessoa mais privilegiada do mundo.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos