quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Na tua pele


Quero escrever na tua pele
Palavras de amor e desejo
Que sei tão bem de cor
Mas que na ânsia de escrever
Elas poderão sair indecifráveis...
Quero realizar na tua pele
Os devaneios das noites insones
As fantasias que vivi de olhos 
Abertos e os sonhos loucos
Que sonhei contigo...
Quero deixar na tua pele
Os beijos que tenho guardados...
Os abraços que dentro dos meus 
Braços tenho reservados...
As carícias que minhas mãos 
Ansiosas desejam fazer no teu corpo...
E todos os ais e gemidos
Que serão ditos no teu ouvido
Quando finalmente com paixão
Será por ti, meu corpo possuído!

Nádia Santos
13/08/14

6 comentários:

  1. Brilhante, este teu poema...
    Gostas pouco, gostas...
    :)))
    Beijinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge, para não ficar dúvidas, eu não gosto.... eu adorooooo! kkkk
      Bjinhos

      Excluir
  2. Olá amiga, passei para deixar um abraço e desejar
    que os anjos de Deus
    estejam ao seu redor
    durante toda sua vida,
    te abençoando
    grandemente!
    Que seu coração e seus sonhos
    sejam renovados e
    fortalecidos por Deus!
    Abraços no coração!
    Lourdes Duarte

    ResponderExcluir
  3. Lindo demais!!

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Intensamente lindo e abrasador este louco amor.
    Otimo minha amiga, cada vez mais inspirada neste amor.
    Abraços.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Nadia
    É isso aí ....O amor tem que ser vivido em toda a sua intensidade e sem limites.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos