sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Dias de primavera (II)


Quero um dia, ao despertar,
Abrir meus olhos sonolentos
E encontrar a luz dos teus...
Então saberei que a primavera
Enfim chegou! Não importando
Se for inverno, outono ou verão,
Pois contigo ao meu lado
Meu coração vai entender
Que todos os dias serão 
Lindos como a primavera, 
Floridos e ensolarados...
Dias de paixão!

Nádia Santos
08/08/14

4 comentários:

  1. Poxa! linda poesia, parabéns poetisa. bjsss

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Nádia

    Como sempre és maravilhosa nas tuas palavras.

    Beijo
    Bom sábado

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Oi Nádia, agora eu não posso nem sonhar, pois às vezes resmungo à noite, de repente um ex aparece no meu sonho, fico só e nessa idade é melhor tomar cuidado: nem primavera, nem outono, nem verão e nem inverno, senão bau...bau...kkkk
    Beijinhos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Nádia, quem ama não precisa de mais nada, não é?...
    Boa noite, beijos!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos