domingo, 20 de julho de 2014

"Quero alguém que me faça transbordar...

... e não que me complete"



O amor habita em mim, desde que comecei a descobrir o significado desse sentimento, para o qual não existe definição. O amor está em mim, todo tipo de amor porque o amor é único o que existe são vários tipos de amor e isso é inquestionável. Mas o que eu, você e a maioria das pessoas buscam é o amor à dois... Aquela pessoa com quem desejamos e sonhamos vivermos juntinhos, em todos os momentos de nossa vida, sejam eles bons ou ruins, até ficarmos velhinhos. E tão bom seria se pudéssemos amar uma única pessoa até que apenas a morte nos separasse... Porque a morte é o destino de todos e perder nosso amor para ela é dolorido, mais inevitável, mas sendo assim guardaríamos só os bons momentos e a saudade seria doce.
Passamos (muitos de nós) a vida à procura da pessoa certa e enquanto isso vamos nos envolvendo em relacionamentos que nos passam uma falsa aparência de "certo" e como  tudo que é falso um dia é desmascarado, um belo dia tudo desmorona, como um castelo de areia. E o que vemos são fins de relacionamentos doloridos e que marcam profundamente. Será que não teria sido melhor se lá trás, quando mais jovens, tivéssemos a sabedoria de esperar pela pessoa certa e assim evitar dor e sofrimento? Sim, eu acredito que a pessoa certa existe, para cada um ou para a grande maioria. Eu, já madura, acredito que existe alguém que "vai me transbordar e não me completar", pois completa eu já sou (já somos). Não me arrependo das escolhas que fiz, mas lamento não ter tido a paciência para esperar por ela e assim ter me poupado de tanta dor e lágrima (que também devo ter causado).
Mas enfim, a vida é feita de escolhas e eu fiz as minhas (é certo que muitas delas sobre influência do meio, de amizades, levada pela imaturidade). Só que agora me pergunto: Será melhor esperar pela pessoa certa só (solteira) e assim me poupar de sofrimentos, desilusões, decepções?
Sou uma pessoa que me considero uma aluna de passagem nessa vida e agora madura, ainda me vejo repleta de perguntas, de questionamentos... Somente de algo tenho certeza: quero amar e fazer alguém feliz. Não vou mais dizer que meu coração está despedaçado por causa de amores que não deram certo ou não correspondidos.Meu coração esteve e está sempre inteiro e cheio de amor, e eu, sempre pronta, com força, determinação e fé, para recomeçar e esperar.
A pessoa certa existe? Pode me chamar de louca, boba, romântica e não sei mais o quê, mas eu acredito que sim. Você não acredita em milagres? Eu acredito, e quem sabe essa pessoa que espero, não esteja lendo meu texto agora...  (rsrsrs). Porque o homem que eu espero "não deixará o próximo existir" e me fará esquecer os que conheci.

Beijos
Nádia Santos
20/07/14

Obs:
Hoje quando acordei vi na mesinha de cabeceira um livro que não tinha visto ainda e nem conhecia e pensei: De onde surgiu este livro, fui deitar ontem e ele não estava aqui? Então lembrei de meu filho, com certeza ele está lendo. E o título me chamou a atenção. Então peguei o mesmo e comecei a ler e logo o devorei. Coincidência? Não! Nada é por acaso, tudo tem um propósito. Ele estava ali para mim e ao ler, sentir que precisa ter me alimentado do que estava ali escrito.
- Livro: EU ESCOLHI ESPERAR
- Autor: Nelson Júnior

26 comentários:

  1. Oi Amiga Nádia,lindo tudo que escreveu,
    estou passando para lhe desejar um Feliz dia do Amigo.
    Bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carmem querida, obrigada pelo carinho de sempre e feliz dia do amigo pra ti tbem, bjus

      Excluir
  2. Nádia, esta sua maneira de escrever, assim, sem formalismos, franca, abrindo seu peito como uma janela escancarada, permitindo-nos espreitar pra dentro de sua alma, me encanta.
    Este seu texto em que nos confronta com as escolhas e a paciência para esperar pelo ideal, mexe com muitos de nossos valores, e concordo, sim.
    Mas, seria necessária, aí, na juventude, a sabedoria de hoje, já muita vida vivida.
    A tão afamada "experiência" que vamos adquirindo. É complicado demais.
    Acredito que haja"algumas pessoas certas" por essa vida fora, mas é necessário uma conjugação de fatores para o encontro entre elas: é necessário estar no mesmo local, na mesma hora, com o mesmo olhar, para haver conexão. É que por vezes a distração cega, ou o relógio atrasa...
    E sim, eu também creio que em tudo há um propósito, nós, é que, mais uma vez digo, nos distraímos e nem sempre damos por isso.
    Um bjo amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Carmem que a experiência ajuda a discernir, coisa que na juventude não temos. Mas muitas pessoas, ainda jovens conseguem, quando tem uma base sólida, percepção, foco no objetivo, determinação e fé, pq as tentações são muitas. No mais concordo contigo. Um bj e obg.

      Excluir
  3. Boa noite Nádia!
    Sim, eu acredito que existe a pessoa certa sim. Que podemos envelhecer juntinhos compartilhando o verdadeiro Amor! Mas tudo isto existe uma dose de amadurecimento e doação deste mesmo Amor para que ele perdure para sempre...
    Não desista de seu sonho, que ele se realizará.
    tudo de bom para você
    abraço fraterno!
    Maria Alice!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, com certeza não desisto do meu sonho de amor. Bjinhos e obrigada.

      Excluir
  4. Bom dia Nádia!

    Parabéns pelo teu maravilhoso texto! Amei..

    Beijo, uma boa semana.

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cidália, pelo carinho. Bjus pra ti

      Excluir
  5. Bom dia,
    Escreveu com sinceridade o que pensa, o amor não acontece quando queremos, acontece quando tem que acontecer, tudo o não temos mas que nos pertence, vai certamente fazer parte da nossa vida.
    Dia feliz
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem tudo que queremos e desejamos vamos ter...
      Obg Antonio.

      Excluir
  6. Nada de louca.. ou boba... ou sonhadora. Você é uma pessoa normal, como eu, como todos,. O quero dizer com isso? Que somos o amor, que temos o amor, estamos sempre aptos ao amor, e sonhamos com ele... e assim esperamos que a outra parte se faça, que venha, e os dois virem um. Continuo sonhando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carlos, temos afinidades poeta... Grande beijo.

      Excluir
  7. Penso que não existem receitas para o amor.
    Assim, só depois é que se sabe se foi bom esperar ou não esperar...
    E, na minha opinião, há muitas pessoas certas para cada um de nós. E o encontro é tanto mais difícil quantas menos pessoas conhecermos.
    Para além disso, a experiência só se adquire errando...
    Gostei do teu texto. És bastante transparente (isso pode ter os seus custos...).
    Beijo, querida amiga Nádia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa transparência tem muitos custos Nilson... eu bem sei.
      Obrigada por sua visita e comentário tão precioso, bjus.

      Excluir
  8. Realmente amiga Nádia, nada, neste mundo, acontece por acaso, tudo está inter-relacionado. Apesar da nossa ação através do livre arbítrio, existe aquela fatia que pertence ao destino.
    Um abração. Tenhas uma linda semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo tem o seu "porque" não é Dilmar. Bjus querido.

      Excluir
  9. Oi Nádia,
    Quanto ao amor eu sempre fui mais fria, namorei bastante e quando enjoava largava. Casei-me por conveniência aos 21 anos, queria morar perto da Capital e um anjo que caiu do céu. Eu nunca brigava, cuidei até sua morte. O amor apareceu na minha vida ao 44 anos. Pode? Mas até hoje é intenso.
    Não importa o quanto amou e sim a qualidade desse amor, desse comprometimento e cuidados um com o outro, juntando essas qualidades temos o amor companheiro(a) quase perfeitos.
    Portanto, mais vale pouco tempo de felicidade do que uma vida sem amor.
    Saudades de você
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dorli querida, eu acredito que o amor não tem idade, nem época e por isso estou a espera dele... sempre. Aproveite bem a vivência com seu amado, cada dia e seja feliz. Um bjão amiga

      Excluir
  10. Pode me chamar de louca tambem, mas acredito sim no amor verdadeiro e demore o quanto for, ele virá, lindo blog, amei, beijos e boa noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sônia, seja bem vinda ao meu cantinho e bem vinda ao clube das loucas....kkkkkk
      Brincadeira, bjus e obrigada por sua visita.

      Excluir
  11. Lindo demais seu texto.Como um desabafo,Nádia.

    Creio que a receita da felicidade é ver a beleza nas coias simples da vida e deixar Deus nos guiar.

    Saudades e suas visitas a eu espaço,querida.

    Beijos e uma semana de alegrias

    Donetzka

    Face Book:

    https://www.facebook.com/donetzka.cercck

    Twitter: @donetzka13

    Instagram: @donetzka


    http://instagram.com/donetzka

    Flickr(Minha galeria de imagens):

    https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/


    Blog Magia de Donetzka




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Donetzka, sabedoria seria deixar nas mão de Deus , que sabe de nossas necessidades. Obg e por sua visita, bjus.

      Excluir
  12. Bom dia

    Maravilhoso de ler e imaginar...mas é tão difícil um amor a dois...e tantas vezes tão rápido a passar

    Cumprimentos
    ..................
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deveria ser difícil não é Ricardo....
      Obg pelo carinhoso comentário. Bjus

      Excluir
  13. Bom dia querida poetisa.. o amor não tem idade.. não se esconde.. é o que é.. chega sem bater na porta quando quer.. entra, senta-se e nos eleva.. mas temos que estar abertos a ele.. temos que o querer..
    um beijo querida e até sempre

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos