domingo, 15 de junho de 2014

Querida lua


O que fazer querida e inspiradora lua
Se até tu perdeu para mim o encanto
Desde que meu amor para longe partiu
Vestiu-se minha alma com triste manto

Lua... lua querida, diz para o meu amor
Que meu pobre coração vive suspirando
E que esse sentimento é forte e intenso
E a cada dia cresce e me vai sufocando

Que à tarde quando o sol religiosamente
Deita no horizonte e purpurina o céu,
Vejo as aves que cantam alegremente
Penso nele e fica o pensamento ao léu...

Diz que tenho infinitos abraços quentes
Dentro dos meus braços, todos guardados;
Na boca muitos e muitos beijos ardentes
Somente para ele... loucos e apaixonados.

Nádia Santos
14/06/14

8 comentários:

  1. Oi amiga Nádia,me encanto com seus versos.
    Lindos demais.
    bjs amiga
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádia,
    Quantas saudades do amor!
    Logo, logo ele estará pertinho para matar essa louca paixão
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Nádia

    Tão lindo e saudoso poema Parabéns.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Bom dia querida Nádia.. podemos pedir a lua, as estrelas.. mas não podemos esquecer de pedir ao nosso interior para este amor vir e nunca mais ir embora bjs e até sempre

    Lapidando Versos

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde,
    O caminhar ao luar traz a felicidade através da saudade.
    Dia Feliz
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  6. A distância mata aos poucos...
    Beijos, Nádia!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Nádia, boa noite.

    A lua, e a eterna inspiração, de Amor e Saudade.
    Sempre.
    Um abraço, querida.

    ResponderExcluir
  8. É incrível demais, posso passar muito tempo sem ler seus versos e, quando volto, é como se eu continuasse de onde parei, tamanha a coerência neles; isso sem falar no prazer que sinto ao ler do amor em Nádia.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos