sábado, 22 de março de 2014

Vento outonal


Sopra vento frio outonal
Sopra e trás à tarde
A brisa vespertina 
Pois nem mesmo tu
Tira do corpo meu
Esse calor que me agonia
Deliciosamente
Apenas por pensar
No corpo teu...
Cai folha e te arrasta
Pelo chão, sem direção...
Assim perdida fico eu
Quando não sinto
No meu corpo tua mão...

Nádia Santos
22/03/14

9 comentários:

  1. Bom dia Nádia

    O Outono é assim mesmo. Gostei do poema

    Tem um excelente Domingo.

    Beijinho
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Bom dia,Nádia!
    Que venha o outono com seu ouro, derramando renovações...trazendo o novo.
    Parabéns pelo poetar tão belo.
    Abraços
    Sinval

    ResponderExcluir
  3. Somos parte do outro, quando o outro nos falta.

    ResponderExcluir
  4. Nádia , você sempre nos presenteando com poemas intensos e delicados . Adorei . Aproveito para lhe agradecer as carinhosas visitas ao meu espaço . Beijos

    ResponderExcluir
  5. Nádia Lindíssimo vento Outonal adorei.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  6. Bom dia querida Nádia.. a melhor das estações propícia a estes momentos.. aqui tá um vento invernal.. maior frio semana que passou srs bjs de bom dia e até sempre

    ResponderExcluir
  7. Amiga palavras maravilhosa amei.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  8. Versos belos, bem encadeados, líricos... Adorei!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos