terça-feira, 18 de março de 2014

Soneto da confissão


Adoro-te muito. Encanta-me esse seu jeito
De menino alegre, divertido, imprevisível
Que existe por trás do homem encantador
Maduro, inteligente, decidido, sensível...

Amo-te também. Por esse sentimento
Sincero, envolvente, doce e profundo
Cuidando mimando e zelando por mim
Com todo o carinho desse mundo...

Quero-te demais. Fico louca de desejo
Quando tuas mãos passeiam no meu corpo
E minha boca encontra a tua num beijo...

Quero gritar ao mundo ardentemente
Que meu amor e meu querer é intenso
E que agora eu confesso, serenamente. 

Nádia Santos



9 comentários:

  1. Bom dia querida poetisa.. o amor ão se permite ficar em segredo ele nos faz confessar.. cutuca dentro da gente até que nos entregamos.. bjs de bom dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Samuel, é muito dificil segredar o amor. Um bj querido.

      Excluir
  2. Lindo poema de amor e desejos.
    bjs amiga Nádia.
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, acho que esse homem perfeito, está exilado na tua arte lírica.
    Um abração. Tenhas uma boa tarde/noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk... Será Dilmar? Eu acho que não, sou mais otimista. Um bj querido.

      Excluir
  4. Boa noite querida Nádia !
    Quando o amor nos invade, temos a necessidade de expor ao mundo os nossos lindos sentimentos. No meu caso, que sou gago, o melhor a se fazer é escrever, rs. Parabéns sempre, encantadora libriana ! beijão, Dan.

    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando amo também sinto vontade de gritar ao mundo Dan. Um bju meu rei e obg.

      Excluir
  5. Ah,o amor. Que belo soneto com todos ingredientes que fermentam e faz crescer o sentimento,onde cria-se a cumplicidade e vive-se o amor em toda sua intensidade.
    Lindo amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos