quinta-feira, 20 de março de 2014

Cativa de ti


Assim que não te vê o meu olhar
Padece meu corpo de saudade
Ficando inteiramente a desejar
Teu retorno com toda intensidade

Deixas todo meu corpo tão cativo
Centímetro por centímetro marcado
Repleto com teu carinho excessivo
E por intensos beijos apaixonados

Mas até que aconteça o teu retorno
Sofrerá coitadinho o transtorno
Causado pela dor da separação...

Mas voltará bem depressa a vibrar
Quando teu corpo meu corpo abraçar
E se juntarem o meu e o teu coração!

Nádia Santos



8 comentários:

  1. Parabéns pela poesia, linda como sempre e parabéns tbm pelo dia do blogueiro!.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. No advérbio do teu falar
    Está um pensar tão meu
    Que me faz tanto sonhar
    Ter teu corpo colado ao meu
    ...............
    Homenagem ao teu maravilhoso Soneto

    Deixo abraço
    **********************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Nádia, corpo e coração sempre estarão unidos em pensamento, quando amar se trata.
    A ilustração e muito sugestiva.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sempre maravilhoso!

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. OI NÁDIA!
    UI, UI, UI!
    LINDO E INTENSO COMO O SÃO TEUS ESCRITOS.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem ?

    O pensamento é a morada da alma. Por isso, pensamos positivos. Não nos deixemos dispersar, pelas vias dos aborrecimentos.
    Tenha um fim de semana agradável.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. O coração dispara a alma agradece, o amor é a fonte de todas as mais belas possibilidades e a poesia vem colorir.
    Lindo Nádia.
    Um abração.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Olá Nádia, é bom quando a saudade tem resposta.
    Você realmente descreve nas suas palavras, o "que lhe vai na alma e no coração".
    bjo

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos