quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Guardarei...

No baú do meu coração 
Eu guardei: todos os beijos,
Todos os abraços quentinhos,
Todos os carinhos ousados,
Todos os olhares lascivos,
Todos os desejos luxuriosos,
Toda essa paixão desvairada
Que reservava só para ti...
E que para mais ninguém
Será entregue...
Também tua imagem
Ficará num lugar especial
Entre minhas lembranças...
Só assim, com o baú ocupado
Com todos os sentimentos 
E anseios destinados a ti fechado, 
Poderá meu coração amar outra vez 
E para um novo amor terei:
Novos carinhos, novos abraços, 
Novos beijos e uma nova chama 
Acenderá, carregada de desejos.

Nádia Santos

8 comentários:

  1. Sempre maravilhosas nas tuas escritas.
    Gostei muito.


    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Lindo o seu cantinho. Poesia linda, que bem descreve o que vem dentro da alma. Amei. bjssss

    ResponderExcluir
  3. Adorei, não só pq guardamos sentimentos, mas pq podemos recria-los e nenhum será igual ao outro.

    bjokas ´=)

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Nádia.
    Lindo poema! O desfecho é imprevisível. Por que esquecermos o que é bom? mas que as lembranças jamais tenham o poder de interferir no presente.

    ResponderExcluir
  5. Oi Nádia.
    Deixa tudo guardadinho, mas se não for usar parte para outro amor.kkk
    Beijos
    Lua Singula

    ResponderExcluir
  6. E que esse novo amor possa chegar logo.
    Muito lindo.
    bjs amiga Nádia.
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  7. NÁDIA PODERÁ SIM E ESTE SEU CORAÇÃO VIVE SEM AMOR !!! RSRS !!! NUNCA !!! LOGO ESTARÁ A BATER A SUA PORTA !!! CREIA NÃO TARDA !!! UM BEIJO GRANDE Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  8. Lembranças e mais lembranças que se misturam com nossos sonhos de reinventar emoções para um novo ciclo como num moto continuo.
    Linda construção Nádia.
    Meu abraço.
    Beijo amiga.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos