terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Encontro fatal

É com um sorriso amarelo
Nos lábios e essa minha
Aparente calma
Que consigo esconder
As inquietações que 
Afligem minha alma...
É quando acontece
Durante minha madrugada
O encontro fatal de mim,
Com meus outros "Eus"
Que em mim habitam...
- Momento crucial,
  porém necessário.

Nádia Santos
09/02/14

5 comentários:

  1. Boa noite

    Gostei muito..
    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. NADIA ASSIM MESMO ACEITE-SE COMO TU ES !!! LINDA !!! PERFEITA !!! E A FELICIDADE CAMINHA PRA TI CREIA !!! UM GRANDE BEIJO DOAMIGO DE SEMPRE Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  3. Oi Amiga Nádia.
    " não há bem que se perdure e não há male que não tena fine!"
    Acredite em você!!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Oi Nadia!

    Você escreve com intensidade e eu gusto disso.
    : )

    Te vi no blog do Toninho.
    : )

    ResponderExcluir
  5. Creio que somos um bocado de muitos "Eu's". Um tanto de disfarces, um tanto quanto nus, um tanto quanto enfeitados de penduricalhos para tampar o que não se deve ver. Quem vê é quem está dentro e dentro de cada um de nós só cabe um.

    Um abraço.
    TODAS AS LETRAS POR UM TOM
    http://todasasletrasporumtom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos