domingo, 16 de fevereiro de 2014

Desde que tu foste embora

Desde que tu foste embora
Levaste minha inspiração
Não percebo passar as horas
É só um vazio no coração

Desde que tu foste embora
Meus versos ficaram tristes
Só a saudade o peito devora
E essa solidão que persiste

Já não sinto mais prazer
Em escrever ardentes versos
Pois é só tristeza meu viver
Ficou sem calor meu universo

Não existe mais vontade
Nem alegria em mim agora
Fugiu de repente a felicidade
Desde que tu foste embora...

Nádia Santos
16/02/14

7 comentários:

  1. Nádia, passando por aqui para deixar um abraço e para desejar-te uma linda semana.

    ResponderExcluir
  2. oi Na

    Qdo perdemos a pessoa amada, vivemos uma espécie de luto.
    Mas acredite isso passa e ainda bem que passa.

    bjokas e tenha uma linda semana =)

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde querida amiga.. muito expressiva tua poesia.. mesclar o querer e o perder sempre resulta em versos lindos beijos e até sempre

    ResponderExcluir
  4. Toda perda de certa forma é traumática... Lindos versos amiga, amei!

    ResponderExcluir
  5. Então que por favor voltes! Boa semana! Abraço

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,
    Poesia expressiva de um coração vazio com necessidade de ser preenchido por um amor.
    Abraço
    ag

    ResponderExcluir
  7. Olá amiga

    Quando alguém parte, outro alguém está a chegar. Quem parte deixa desilusão, que um amor novo preencherá e transformará em delicia, prazer, vontade de viver, ternura no peito.
    Acredita...tu mereces...vais ser feliz

    Deixo beijo

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos