quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Teu chamado

Estava tão sozinha
Quando escutei um chamado
Era uma voz doce
Ouvi meu nome sussurrado...
Pedia-me para fechar os olhos
E sentir suas mãos
Arrepiando minha pele
Causando-me tesão...
Dizia que me desejava
Que queria me amar
Que esquecesse do mundo
Para juntos sonhar...
Perdidos um no outro
Na loucura dos apaixonados
Sentindo sensações
Que só vivem os enamorados...
Travamos os relógios
Prendemos nos corpos às horas
Que importa a distância
Se o desejo nos devora...
Vivemos momentos lindos
Tudo mais ficou para depois
Fui tua  e tu foste meu
É pura magia...  nós dois!

- Somente na loucura
de minha fantasias...

Nádia Santos

5 comentários:

  1. Muito bonito, Nádia, muito bonito! Grande abraço...

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Nádia

    Bela fantasia... Amei.. Obrigada

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Bom dia poetisa querida.. quando o amor nos chama a gente não pode recusar pq lá no fundo ele tem algo de muito puro para nos deixar.. bjs de bom dia e até sempre

    ResponderExcluir
  4. [[aahh se me chama eu .........fujo. rs]


    mentira.



    eu me perco.




    beij0

    ResponderExcluir
  5. Oi Ná

    Nem a distância é capaz de enfraquecer um amor assim....
    Qdo o amor chama temos que ir correndo rs...


    bjokas =)

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos