terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Na escuridão te procuro

Ah desejos...
Loucuras, fantasias
Quimeras, delírios!
Que importam os nomes
Só sei que é a noite
Que começa meu martírio!
Cúmplice com a lua
À noite sinto vontade
De para ti ficar nua...
Fico louca a tua procura
Na imensidão de minha cama
Porque nessa escuridão
Com meus anseios
Somente ti meu amor é a cura...

Nádia Santos
07/01/14

8 comentários:

  1. Que delícia de poema Nádia.

    " Somente ti meu amor é a cura"

    Perfeito.

    ResponderExcluir
  2. A noite aconchega os amantes. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Ah...Que maravilha! Até eu fico com vontade!!! .........Lool, vontade de cá voltar :-)

    Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Bom dia!!!
    Feliz 2014, estou de volta e aos poucos vendo tudo o que postou enquanto estive fora, principalmente do seu jeito sensual de descrever sentimentos e emoções. Que só alguém como você é capaz de transmitir.
    Estava com saudade
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  5. A noite é a melhor conselheira...
    Beijinhos doces, oh lindona morena!
    :)))

    ResponderExcluir
  6. Saudades de seus lindos poemas de amor,Nádia!

    Belíssimo ,como todos,minha amiga poeta.

    Beijos e um ano de 2014 feliz e com muita paz!

    Donetzka

    Face Book:


    https://www.facebook.com/donetzka.cercck




    Blog Magia de Donetzka



    ResponderExcluir
  7. Poema delicioso.
    Viva, eu sou a D.
    Passo muitas vezes pelo seu Blog e gosto muito.
    Gosto de literatura, poesia, fotografia, culinária...
    Gosto de história e de escrever.
    Adoro poder ler sentimentos.
    Gostei daqui.
    Xi-<3 D


    http://acontarvindodoceu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Que poema estingante, delicioso e belo como todos que tem por aqui.

    Parabéns !!
    Beijos
    Caio
    http://jonathanejonathan.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos