sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Onde estão teus olhos?


Ah meu amor!
Onde estão teus olhos?
Os meus andam perdidos,
Cansados e entristecidos
Sem a luz dos teus...
Pousa sobre mim agora
O teu lindo olhar
E como magia, num instante
Toda desventura irá embora
E voltará  por amor
O meu coração a palpitar!

Nádia Santos
01/12/13

8 comentários:

  1. Oi Nádia!
    Delícia é ler seus versos. E você discorre e descreve tão suavemente um sentimento de saudade de um olhar. Basta um olhar,às vezes, para tudo retornar ou recomeçar.
    Triste, mas muito lindo!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Um olhar já diz tudo.
    Lindo poetar.
    bjs amiga Nádia e um ótimo final de semana
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  3. Oi Nádia
    Muito triste a sua poesia, apesar de linda e tocar nosso coração.
    Ser feliz não é uma questão de opção e sim de correr atrás
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. OLá Nádia

    Um olhar é lindo, quando está feliz.... Gostei do teu poema.. Muito bonito.

    beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Podemos dizer tanto com um simples olhar!
    Os olhos, são o espelho da alma.
    Não, não vale apena falar.
    Um olhar pode dizer mais que mil palavras!

    http://diogo-mar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. NÁDIA !!! AI SE EU PUDESSE QUE ASSIM TÃO LINDO E SIMPLES FOSSE !!! EU SERIA CAPAZ DE CHORAR DE FELICIDADE MUITOS DIAS !!! Um BEIJO Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde minha rainha !
    Um olhar consegue atravessar o mais intimo dos sentimentos, e o meus olhos, estão aqui, mais uma vez, namorando suas escritas.

    Beijão bem grande amiga,
    Dan

    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Nádia.. as vezes os meus ficam perdidos de mim tb.. os olhos tudo veem menos nosso interior que as vezes sofre.. beijos e até sempre amiga

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos