segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

E se eu chorar?

Fecho os olhos querendo dormir e sonhar...
Quem sabe esteja feliz, quando acordar...
Mergulho num silêncio pesado, perturbador
Sinto o corpo tomado por arrepio
Quando passa por mim um vento frio
Me causando medo, um pavor...

Foi vão dormir e sonhar... foi vão...
É preciso encarar a realidade... fraqueza não!
E se eu chorar? Talvez diminua essa dor
E assim mais leve eu possa te dizer
Que toda minha tristeza, esse meu sofrer
É porque não falaste no meu ouvido de amor...

Nádia Santos

8 comentários:

  1. Há dias que as noites são longas e nestas as emoções despertam desejos, que muitas vezes tentamos ocultar. Inútil buscar pelo sono e vem uma lágrima quente para consolar.
    É bem assim Nádia nesta bela construção.
    Uma bela semana de paz.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Nádia

    Lindo e triste, mas muito belo...dói quando algum dia nos sussurram ao ouvido de Amor e depois desaparecem! triste.... mas a vida continua.


    Beijinho e um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Oi Nádia,
    Não adianta buscar no sonho o amor que se esvaiu, tem que arregaçar as mangas e procurar outro amor, pois amor não precisa de palavras, um olhar ou um sorriso já basta.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Nádia,
    lindo poema, parabéns...
    mas continuo dormindo e sonhando...nada é em vão, nada...cada expressão de vida vale a pena!
    beijo
    Ártemis

    ResponderExcluir
  5. Chorar envelhece rs...
    Mas alivia a alma.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde poetisa querida... faz tanto tempo que não rola uma lágrima que nem sei o que é chorar.. mas se estas caírem que sejam de alegria.. bjs e até sempre

    ResponderExcluir
  7. Que lindo esse poema Nádia..amei.
    Obrigada por estar ao meu lado no momento de dor quando perdi minha tia, sem duvida suas palavras muito me confortaram.
    Ja estou ausente do blog até janeiro mas passei aqui para te desejar um natal cheio de paz ao lado da sua família e um ano novo repleto de conquistas.

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Chorar faz parte de nós, é inevitável.
    O amor quando acaba a solução é encarar um outro amor, ninguém vive sem amor.
    Abraço
    ag

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos