sábado, 14 de dezembro de 2013

Alma gêmea, preciso de ti!

Há tanto tempo te espero...
Com o olhar perdido
Apaixonado, fixo no infinito...
Sonho um dia te ver chegar!
Sinto-te... tão longe... tão perto
Em algum lugar e também
A minha procura, a minha espera
Enquanto sinto no coração um deserto...
E assim como o céu 
Perde sua beleza sem a lua
Preciso de ti... necessito ser tua!
Assim como o mar, diariamente,
Abraça e beija a areia
Necessito dos teus beijos
E sentir o teu amar!
Alma gêmea, minha vida
Pedaço de carne minha 
Por onde andas?
Sem ti, me sinto sozinha
Chorando minha alma entristecida
Esse vazio que ninguém preenche...
Estarei sempre te esperando
Até o final do meu existir
Loucamente te amando...
Alma gêmea... preciso de ti!

Nádia Santos
14/12/13




11 comentários:

  1. Simplesmente maravilhoso! Como sempre
    Musica fantástica!

    Beijo, bom final de semana
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádia!
    Espero que você passe o Natal com sua alma gêmea, esse seria seu melhor presente e minha alegria, amiga.
    Linda poesia( Um clamor )
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. BEAUTIFUL post Nadia and a lovely poema...... my compliments and the music is lovely.

    Beijos, Joop

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez o amor, a enaltecer a voz da poesia...
    Belo Nádia!
    Beijinho meu e Feliz Natal!!

    ResponderExcluir
  5. O amor grita e sai pelos poros...

    Lindo!

    Boas festas

    BJos

    ResponderExcluir
  6. Oi Nádia,
    Tava um pouco triste: calor, chuva, calor e aí vem você com seu comentário.
    Você e a Sonia logo abaixo me fizeram dar gargalhadas( tô rindo até agora da Sonia), vá ver o que ela escreveu...kkkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Poetiza Nádia es un poema lleno de sentimientos encontrados , lleno de dulzura e intenso si lo esperarás eternamente precioso te quedó besos !!! y que pases un feliznavidad !! besos mil desde mi brillo del mar

    ResponderExcluir
  8. Tocante sentimento e desejo de encontrar o ser que nos complete, que seja nossa alma gêmea.
    Um encontro de outras vidas, nesta vida.
    bjs
    Excelente semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  9. Há neste cantar toda uma cumplicidade, que faz a completude.
    Beleza de poema Nádia.
    Cantar o amor é uma bela arte, da qual voce é representante.
    Um abração carinhoso.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos