sábado, 5 de outubro de 2013

Procuro-te...


Em que extremo, amor
Desse universo tu estás?
No momento em que solitária
Procuro-te entre as estrelas
O que será que faz?
Já gritei teu nome
Somente um eco ouvi...
Nessas horas melancólicas
Somente as batidas tristes
Do meu coração
Foi o que ouvi...

Nádia Santos
05/10/13


4 comentários:

  1. Oi Nádia,
    Ele está pertinho de você...
    Bom fim de semana
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Boa noite Nádia
    Lindo, mas um pouco tristonhos....eu achei!!

    beijokas, bom Domingo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Querida poetisa maravilhosa, bom final de tarde pra você!

    Muito lindo me deparei com essa poesia me achei dentro dela,
    até eu procurando meu amor...bjs acabou de chegar minha irmã. depois eu volto viu?
    bjs

    Maria Machado

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos