domingo, 15 de setembro de 2013

Perdida de amor

Essa noite, sem conseguir dormir
Acredito que imaginei ou sonhei...
Não sei... só sei que caminhava 
Perdida pelas praias de minha alma
Em noite linda e enluarada
Consumida por esse (a)mar.
Quando avistei alguém...
De excitação paralisei
Porque eras tu, meu amor!
Que de suas praias se perdeu
Se encontrando nas minhas
Em busca do calor ardente
Dos braços meus...
E de todos os abraços
Que são somente teus...

Nádia Santos
Recife - PE
14/09/13


8 comentários:

  1. Sonho? Realidade? Os dois?...Lindo, querida Nádia, um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Como é bom sonhar amiga Nádia!
    Os sonhos nos levam ao paraíso.

    Muito Lindo.

    bjs amiga e bom domingo.

    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde Nádia
    Adoro poesia de amor na praia e a sua ficou exuberante.
    Um ótimo domingo junto com os seus
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. O que importa não dormir?? Haverá uma boa razão para isso! O AMOR.. lindo - Amei.

    beijocas

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. Que bonito sentir, Nádia!
    Beijinho e bom domingo!

    ResponderExcluir
  6. Querida Nádia, muito lindo seu poetar. De repente ele estava lá, que bom é sonhar assim, melhor ainda, é viver na realidade, um grande e gostoso amor né?

    Uma tarde-feliz !
    bjs

    Maria Machado

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente lindo... Parabéns poetisa!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos