segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Tudo não passou de sonho

Hei de lembrar-me ti naquelas
Manhãs linda e ensolaradas
Que sonhava com tua presença
Cheia de vida e iluminada...

Hei de lembrar-me ti naqueles
Crepúsculos deslumbrantes
Quando sonhava com nós juntos
Com os corações palpitantes...

Hei de intensamente de ti lembrar
Quando a lua eu for contemplar
Imaginando-te ao meu lado risonho

Mas hei de lembrar que de repente
Partiste, sem chegar, e tristemente
Vi que tudo não passou de sonho.


Nádia Santos
05/08/13

6 comentários:

  1. Pena que foi só um sonho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde, bom começo de semana
    hj vim te convidar para comemorar
    meu aniversário, quero dividir minha
    alegria e oferecer um pedaço de bolo
    Venha que a festa já começou....
    Bjuss carinhosos, para essa poesia ...
    ♫•*(¯`v´¯)¸.•*✿ღ
    *◦.(¯`:✿!:´¯) ✿ღ
    *✿.(_.^._)*•.¸¸.•
    ______________Rita!

    ResponderExcluir
  3. .


    Quando você quer um beijo
    eu beijo, mas se eu quero
    entro na fila e não me
    canso de esperar...

    silvioafonso






    .

    ResponderExcluir
  4. Oi querida Nádia,
    Não fique triste, pois se um amor morre hoje é para ressurgir outro amanhã.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. Mas o sonho poderá tornar-se em realidade![É somente acreditar!

    bjs amiga Nádia.
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Amiga
    Adorável o teu poema: Gostei muito.

    Um beijinho de carinho

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos