quarta-feira, 17 de julho de 2013

Não queiras, tu és!

Do meu coração o dono...
E dos meus beijos,
Do meu pensamento,
Do meu sonhar,
Do meu tempo!
Do sorriso de minha boca,
Do brilho do meu olhar,
Desde quando adormeço,
Até o meu despertar!
És o céu do meu mundo,
O perfume que exala da papoila
Nas manhãs ensolaradas
E que faz-me lembrar
De tua face adorada!
És meu amor...
Meu homem... meu amigo!
São teus meus abraços
Todo meu carinho.
És meu porto seguro
Meu doce abrigo.
É teu meu coração... minh'alma
O estremecer quando penso
no teu beijo,
Lembrar de te me acalma,
Simplesmente...
Porque te amo e te desejo.

Nádia Santos
14/07/13



9 comentários:

  1. Sedutor, como sempre, maravilhoso

    Quem resiste a tão belo desejo????

    Fica feliz

    ResponderExcluir
  2. Como sempre uma bela poesia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Sempre maravilhoso..."Um pedido de Amor"..Gostei.
    beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Oi Nádia
    Tem resposta para o seu comentário lá no meu blog.kkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. Oi Nádia,
    Desculpa pensei que estava brincando eu só completei a brincadeira...
    Mil perdões!!
    Beijinhos carinhosos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. Amar é tudo de bom, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    O que escreve é de uma simplicidade que encanta, os grandes escritores escrevem para que todos compreendam o que leram.
    Parabéns pelo seu dom maravilhoso e também pelo coração romântico que tem.

    Abraço

    ag

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nádia! Que meigo e reconfortante este poema, adorei! Aproveito para agradecer, de coração, por todo o seu carinho e apoio ao meu blog, não tenho palavras.

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos