quarta-feira, 17 de julho de 2013

Minha doce rotina

Sonho um dia ao despertar
Ter-te debaixo do cobertor
Ter meu olhar no teu olhar
E sentir, cedinho, o teu calor

Sentir ao acordar o teu desejo
Arder pela manhã na tua chama
Trocar ardentes e doces beijos
E ouvir-lo dizer que me ama...

E tudo, amor, em minha volta
Ganhará uma alegria divina
Quando enfim bateres à porta
E fores a minha doce rotina!
Nádia Santos
17/07/13

13 comentários:

  1. Oi Nádia
    Lindo Nádia, quando ele bater a sua porta, abra, numa mãe lhe oferecerá o amor e na outra infinita companhia.
    Boa noite querida
    Durma sonhando...
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Desculpe o erro Nádia: mão ao invés de mão, já estou com sono
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Desculpe mais uma vez Nádia: mão ao invés de mãe
    Agora estou dormindo em pé.kk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. O sonho de toda mulher é ter uma surpresa boa destas rs...

    Já estou seguindo o blog.

    bjokas =)

    meusegredosbell.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sonhos... porque afastá-los se podem se tornar realidade? São o primeiro passo, apenas. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. O nosso amor batendo na porta para tornar nossos dias mais felizes, é tudo que queremos...
    O resto a gente corre atrás...
    Com o nosso amor ao lado, tudo fica mais lindo, temos ânimo para encarar a vida!

    Belo poema amiga Nádia!

    Beijos em seu coração!

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  8. Una espera que se hace realidad al llegar a tus brazos!
    Hermosas letras Nadia, te deseo un bella noche!

    ResponderExcluir
  9. Bom Dia Nádia..

    Divino poema o teu.. Gostei Muito..

    beijinho

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  10. Bom dia gente de casa...

    Truz... trus... trus... estou batendo à porta

    Ninguém abre? Será que estou na porta errada?
    *******

    Pronto desisto...

    Se estiver alguém em casa, decerto que estará dormindo, e não me ouviu

    Fique feliz... adorei o poema.
    .

    ResponderExcluir
  11. Bom dia! Adorei estes versos. Leves, fluidos...

    ResponderExcluir
  12. que bello y prufndo siii a veces la espera se hace eterna y nuestra casa espera aridientemente la casa de nuestra alma a veces dormida pr la rutina , preciosos versos amiga, besos desde mi brillo del mar

    ResponderExcluir
  13. Bom dia!!!
    As vezes a rotina faz bem, por mais que a gente lute contra isso...
    adoro seus textos, sempre uma boa mensagem para reflexão.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos