segunda-feira, 1 de julho de 2013

És meu vinho

Deixa-me tonta, embriagada!
Vem em pequenos goles...
Quero saborear-te
Lentamente... intensamente
A tua essência, o teu sabor...
Enquanto aqueces meu sangue,
Deixa minha pele com calor...
Deixa minhas pernas trêmulas, 
Quero sentir meu corpo ardente
E aos poucos ficar louca...
És meu vinho, delicioso e forte
A adoçar suavemente
A minha sequiosa boca!

Nádia Santos
01/07/13

17 comentários:

  1. Mas que senssação boa..quem não gosta??
    Adorei a sensualidade.
    Beijinho e boa noite

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Embriaga de amor, desejo e sabor, escrita perfeita repleta de sensualidade.

    Abraço

    ag

    ResponderExcluir
  3. Poesía tremendamente bella y Sensual...Una Preciosidad.
    Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá tudo bem com você?
    Estamos com um sorteio muito bom com um produto de primeira linha da Kert, e o bacana é que a vencedora(o) escolherá o produto que é da linha Keragen, então vim aqui lhe convidar para participar.
    Aqui o endereço ( http://www.riosul2012.com/2013/07/sorteio-kert-keragen.html)

    Aguardamos você!
    Abraços
    Thiago
    Trocyn Bão

    ResponderExcluir
  5. Oi amiga, tudo bem? Que poesia mais maravilhosa, adorei. E a imagem muito bem bolada. Ficou maravilhoso o conjunto poesia/imagem.

    Gostaria de convidá-la a visitar meu mais novo blog: VERSOS QUE CHORAM. Quando tiver um tempinho passa lá.

    Grande abraço do amigo Marcos. Até mais.

    ResponderExcluir
  6. Oi querida!
    Estupendamente maravilhosa e sensual
    Tá mais alegrinha, agora??
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Minha querida

    Um poema que é um hino à sensualidade...Lindo como sempre.

    Um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  8. Lindo,sensual e romântico!

    O amor embriaga mais que o vinho!


    Obrigada pela visita,Nádia.


    Beijos e ótima semana


    Donetzka

    ResponderExcluir
  9. Nada melhor que se embriagar de amor. Sensual e belo seu poema.
    Após a cirurgia de minha sobrinha, estou voltando a visitar os amigos, razão da ausência. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Mesmo vinho, minha delicia
    Forte inspiração de vida
    Deliro em cada tua caricia
    Amo-te, dou-me por vencida
    ...............
    Minha homenagem ao poema, que é lindo, transborda sensualidade, meiguice, desejo. Gostei muito de ler
    Deixo cumprimentos
    ........................
    Querendo, visitem-me

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queria dizer: Meu vinho, minha delicia

      Obrigado

      Excluir
    2. Ricardo, que lindo, inspirou-se mesmo... adorei. Obrigada querido pelos lindos versos. Um bj

      Excluir
  11. Bom dia!
    E com esse friozinho, nada como estar embriagada de amor e desejos...
    Delícia!
    beijos
    Ritinha

    ResponderExcluir
  12. Lindo poema...talvez por isso eu goste tanto de vinho, oferece o mesmo torpor do desejo. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito amiga linda, adorei seu comentário, Um bj

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos