sexta-feira, 14 de junho de 2013

Correndo para o teu (a)mar

Como um rio, cheio de vida, correndo para o mar
Quero misturar minha essência à tua...
Mas teu (a)mar, morto, não permite que em ti entre.
Mas insisto em penetrar nas tuas águas profundas, 
Turvas, confusas, repleta de tantos segredos,
Mistérios, medos, receios...
Procuro abrigo no teu corpo que se fecha...
Quero me aquecer na tua pele, que congela...
Quero ouvir de ti palavras doces de amor,
Mas elas travam, presas, na mudez de tua boca.
Em ti os sonhos não encontram guarida,
A esperança é quase morta.
No teu mundo, fechado, quero penetrar,
Plantar novos sonhos, reavivar a luz da esperança,
Mostrar um horizonte novo, que convida...
Mas neste teu (a)mar, o calor da paixão é proibido 
Não há beijos ardentes, nem abraços apaixonados,
Nem mesmo o amor... é permitido...
Nádia Santos
13/06/13

5 comentários:

  1. Boa tarde Nádia.. misturar as essências é atingir um clímax perfeito para a união dos corpos e almas já entrelaçados.. tuas poesias tem um ar repleto de sedução.. bjs lindo dia

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádia
    Nenhum homem na Terra merece tal fossa.Há tantas belezas a descobrir no Universo sem fim, que acabamos esquecendo em nós mesmos, obcecados por um amor que não acrescenta nada em nossa vida.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Olá querida Nádia,estava com saudades da qui e vim apreciar seu lindo poema, e essa imagem que completou a beleza.

    Um bom final de semana amiga. Obrigada amiga por tudo viu?

    bjs
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  4. Belíssimo,Nádia. Vc poeta com o que seu coração diz e é o correto.

    Obrigada pela visita,amiga.

    Já mudei a cor da letra do azul claro para escuro no post que comentou.

    É que estavam salvos assim do antigo blog onde a cor de fundo era preta.

    Vou observar mais ao postar.

    Beijos e lindo fim de semana


    Donetzka

    ResponderExcluir
  5. Nadia, eis um poema bem elaborado.
    Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos