quarta-feira, 29 de maio de 2013

Vontade de dizer "te amo"!

Hoje despertei e senti o amor
Ainda mais forte dentro de mim e invadiu-me 
Uma imensa vontade de dizer “te amo!”
Fui até o espelho e olhei para mim.
Despenteada e com a cara amassada, a sorrir
Disse-me: amo você mulher, assim mesmo!
Corri até a janela e o dia estava lindo
Então disse logo para o sol - te amo e obrigada
Por esse teu calor que nos aquece e é fonte de vida!
Passou um vento e tocou-me o rosto...
Também te amo vento! - fui logo dizendo.
Percebi que as árvores próximas,
As folhas e as flores em alegre cicio 
Balançavam então disse-lhes
-Bom dia minhas queridas, também as amo!
E eu te amo meu Deus, acima de todas
As coisas e te agradeço a vida!
Mas, um “eu te amo” ficou preso na garganta...
Porque ele está reservado para ti meu amor!
Para ti, que sei, está nesta vida a minha procura
Assim como eu, para ofertar todo esse amor
Que queima dentro de mim com ardor
E que para minha tristeza é a cura...

- Retornei o teu "te amo"
para dentro do meu coração.

Nádia Santos
Recife - PE
29/05/13

16 comentários:

  1. Oí Nádia,como é bom ver a nossa imagem refletida em um espelho e dizer o quanto nos amamos.Amar à si próprio,para depois poder doar amor ao próximo.Obrigada da visita e comentário.

    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nos amar é imprescindível, amiga Carmem. Obrigada.

      Excluir
  2. que forma tan linda de expresar tus sentiemientos que grande estu amor te qued´muy linda esta prosa , besos desde mi brillo del mar

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, Nádia! Não há como sentir-se inundada de amor ao ler este poema...acho que devemos, sim, declarar o nosso amor a nós mesmos, a tudo o que nos cerca, a Deus, à vida... e, também como vc, um "eu te amo" ficou preso na garganta... Bjs, tenha uma ótima noite e um excelente feriado!

    Isabel

    (isabelborboletando.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que nos amar e a tudo que Deus nos dá. Bjus Isabel

      Excluir
  4. OI NÁDIA!
    PARA ALGUÉM COM TODO ESTE AMOR DENTO DE SI, SERIA UMA PENA DESPERDIÇÁ-LO, SEM PODER COMPARTILHÁ-LO COM QUEM O MEREÇA.
    BELO TEXTO. ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor é para ser externado, distribuído, dividido, multiplicado. Bjus Ziliani

      Excluir
  5. Oi, Nàdia! Que belo e inspirador poema. É sempre um prazer vir aqui e ter a oportunidade de conhecer mais da sua obra. Parabéns!

    Bjos e um ótimo feriado para você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Sérgio por seu carinho, bjus querido.

      Excluir
  6. Nádia ,

    Seu poema declarando amor à vida me encantou .
    Com certeza , o " eu te amo" guardado na garganta ,
    logo será realizado .
    Agradeço a partilha e suas visitas carinhosas ao meu espaço .
    Bom feriado
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim espero também amiga Marisa, um bj e obrigada.

      Excluir
  7. Nádia. Show demais!. Eu também tenho essas conversas principalmente com o espelho, e com todas as coisas em volta. parabéns, isso se chama contemplação da vida, amor próprio que é o mais importante. Beijosss

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos