quarta-feira, 29 de maio de 2013

Vem...quero-te!

Vem... 
Quero tocar teu corpo quente
Quero beijar teu rosto com doçura
Provar dos teus lábios demoradamente!
Vem... 
Quero te dá amorosa meu abraço
Ardente, caloroso e energizante
Que de te afastará todo o cansaço...
Vem...
Vou oferecer-te meu colo quentinho
Para ver-te docemente dormindo
Envolvido com meus doces carinhos!
Vem...
Terás também meu abrigo
Meus ouvidos, meu silêncio, meu sentir
E o conforto do meu ombro amigo...
Vem...
Serei tua mulher apaixonada
Tua amante ardente e intensa
Tua companheira dedicada!
Vem...
Serão teus todos os meus "sim"
Vem logo, que muito te preciso
Quero-te loucamente pra mim!
Nádia Santos
Recife - PE
20/05/13







16 comentários:

  1. Quando o poema chama loucamente
    o amor
    quando o verbo se torna imperativo
    mas o que vale é o clamor do poema
    chamando pelo amor
    não deixou escrito nos versos
    mas ficou nas entrelinhas
    a importância do verbo amar.


    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha alma clama pelo amor sempre. Obrigada por seu carinho Luiz, um abraço.

      Excluir
  2. NÁDIA. MEU ANTIGO BLOG SUMIU,PERDI TUDO E NÃ SEI O MOTIVO. LEIA MEU POST SOBRE ISSO NO NOVO QUE CRIEI E AJUDE-ME.

    BJS

    DONE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe me intrometer,
      mas se foi recentemente que perdeu seu blog, ainda tem como recuperar.
      Veja se sua conta ainda está ativa. Se tiver entre no blogspot de novo (se for blogspot)
      Tive esse problema uma vez e li que tinha como recuperar se fosse recente. Não lembro agora como fiz o passo a passo, mas pesquisei no google, pesquise por lá que deve ter um jeito de recuperar. Tudo que você exclui na Net fica guardado por um curto tempo e depois vc pode recuperar.
      Espero que dê certo.
      Boa pesquisa.

      Excluir
  3. Paixão, amor, querer, são palavras que emanam poesia... e este teu poema está lindo!!!!
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada "Declinar" (não sei seu nome...), um abraço.

      Excluir
  4. Respostas
    1. Obrigada por sua visita Sérgio, um abraço.

      Excluir
  5. Nádia. Que poema mais envolvente. É mais um chamado que um poema, ou os dois juntos... gosteiiiii. Irresístivel!. Beijosss

    ResponderExcluir
  6. Perdi meu antigo blog!


    Vc pode me ajudar.amiga..

    Por hora,siga-me nesse novo blog e divulgue_o,ok?

    Perdi os seguidores e se vc postar com o link de meu blog,como temos amigos em comum,pode ser bom.


    Bjs e lindo feriado

    Done

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Done, infelizmente não sei como te ajudar. Mas visitarei seu novo espaço, bjus e boa sorte.

      Excluir
  7. Olá amiga Nadia
    Sempre com poesias que demonstram toda intensidade do sentimento amor,
    com grande sensibilidade e que nos faz transportar na magia da sensualidade feminina
    com seus encantos

    Um feriado Bão
    Abraços,
    Trocyn Bão - Thiago

    ResponderExcluir
  8. Oiii, tudo bem? Com esse feriado prolongado resolvi visita seu blog, venha me visitar tbm, te espero
    bjoo

    ResponderExcluir
  9. Oi Nádia!

    Esta esmerando cada vez mais nas suas poesias.
    Quem aguenta esse chamado?
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E é para não aguentar mesmo e desabar amiga, bjus.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos