quinta-feira, 16 de maio de 2013

Querer profundo

Não direi que vou te amar
Para sempre, eternamente
Mas prometo muito te amar
No hoje, imensamente!

Queria dar-te a lua, as estrelas
E todas as conchinhas do mar
Mas sei que isso eu não poderia 
Então te dou todo o meu amar

Nas noites frias, nos dias de chuva
Não prometerei o sol ardente
Mais te reservarei muito calor
E abrigo no meu corpo quente

Não te farei promessas impossíveis
Nem te darei mundos e fundos
Mas provocarei sensações incríveis
Com esse meu querer profundo!
Nádia Santos
Recife – PE
14/05/13

8 comentários:

  1. Com uma declaração poética
    desta
    as conchinhas
    as estrelas do céu
    as estrelas do mar
    se tornam supérfluos
    olha lá se uma concha
    recheada de uma pérola
    rara
    paga um verso desse

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luis que gentileza, que cometário mais lindo, obrigada querido, um abraço pra ti.

      Excluir
  2. Oi, Nádia! Adoro esses poemas em quadras. A cadência, as rimas, tudo me encanta. Parabéns por mais esta obra de arte! Também agradeço, de coração, pela sua visita e carinho lá no meu blog!

    Bjos e até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sérgio querido, eu é que te agradeço o carinho de sempre. Bjus

      Excluir
  3. Que lindo ,Nádia! Você é uma poeta das melhores e como sabe falar de amor!


    Obrigada pela visita e qdo eu abrir o face book,vou ler sua mensagem e solocitar adição,ok?

    Veja se está recebendo minhas atualizações,amiga.

    Preciso saber,pois reconfigurei o blog e uma de minhas amigas já recebe normalmente.

    Quero saber se todos estão recebendo,entende?

    As suas recebo sempre,pois seu blog está na minha lista de blogs amigos.

    Beijos e ótima sexta de Paz e Amor!


    Donetzka

    ResponderExcluir
  4. Oi Nádia
    No amor não se promete nada, deixa acontecer.
    São as ações bem resolvidas irão dizer se esse amor será para sempre, ou terminará quando a paixão mornar.
    Que viva o amor!
    A falta de paixão não dói, mas o desprezo mata.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amar sem exigir é um agrande proeza, muito difícil de realizar, de certa forma estamos sempre fazendo cobranças, mesmo nas entrelinhas. Bjus e obg amiga Dorli.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos