sexta-feira, 31 de maio de 2013

Outro dia te esperei

Fui subitamente tomada 
Por um novo sentimento
Será amor?
Será paixão?
Ou será outra ilusão?
Será que vai durar?
Ou será passageiro e fugaz?
Sinto vontade de lutar
Deixar o tempo correr e 
Esperar, pra ver como
Tudo isso vai terminar...
Mas de repente,
Sou tomada por um medo
E tudo vira do avesso.
E penso em recuar, fugir...
Porém logo imagino
O teu beijo intenso,
Molhado, apaixonado,
Cheio de desejo!
Então tudo esqueço,
enlouqueço,
E de paixão padeço...
E enquanto fiquei em conflito
Com meus sentimentos por ti,
Outro dia te esperei...
Amando-te!

Nádia Santos
Recife-PE
31/05/13


2 comentários:

  1. Nádia,

    Nada melhor que esperar pela chegada de um amor que mesmo longe, lateja. Lindo o poema! Gr. Bj.!

    ResponderExcluir
  2. Oi Nádia
    É mais fácil esperar por um amor desconhecido do que perdê-lo para sempre por idiotice e, mais tarde arrependida se perguntará: Por que não tentei? Onde estará agora? Que lábios estará beijando? Beijos que eram meus...
    Beijos
    Vou cobrar a poesia.kkkkk
    Lua Singular

    ResponderExcluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos