sábado, 25 de maio de 2013

Na noite quero te sentir

Na noite gosto de me perder
E no silêncio da escuridão
Extravasar tudo que me faz sofrer
Permitindo explodir minha aflição
E deixando dominar no meu ser
Apenas essa ardente paixão
Que alimenta meu viver agora...
Vem amor, desejo os braços teus
Livra-me da solidão que apavora
Quero ser tua, quero te sentir meu.

Nádia Santos
Recife - PE
09/05/13


10 comentários:

  1. Intensamente belo e apaixonante... Aplausos! Se puder visite-me em http://godsinn.blogspot.com.br/ (Marco Rocca)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marco por sua visita e comentário tão carinhoso. Bjus

      Excluir
  2. uuuff Poetiza en ese deseo ardiente de poseer en tu piel su cuerpo y su pasión , uuff muy sensual me encantó, muy bello, feliz dommingo, besos desde mi brillo del mar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Beatriz intensidade que sempre encontro também nos teus versos. Um beijo.

      Excluir
  3. GRITAR PELA ALMA É VIM EM BUSCA DOS TEUS POEMAS QUE ENCANTA QUALQUER CORAÇÃO...
    BJSSS

    ResponderExcluir
  4. Olá lindo blog!Lindas palavras!
    Com certeza nós temos que jogar pra fora o que sentimos.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nelma, seja bem vinda e fico agradecida por tuas palavras, bjus.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos