domingo, 12 de maio de 2013

Desenho-te

Em minhas noites solitárias e frias
No silêncio dessas horas caladas
Desenho-te e minha mente fantasia
Deixando-me com pele abrasada

Imaginando nossos corpos colados
E os sons que faria o nosso amor
E dos cheiros por eles exalados
Numa entrega intensa sem pudor

Nossos perfumes misturados no ar
Atiçando mais e mais os sentidos
Teu olhar profundo no meu olhar
Ardentes, por desejos incontidos...

Mas sozinha, loucamente, te precisando
Suportando essa terrível abstinência
Adormeço com os raios de sol sonhando
Para aquecer-me do frio de tua ausência...
Nádia Santos
Recife - PE
12/05/13


30 comentários:

  1. Nádia, agradeço seu carinho, lá no meu cantinho! Que seu domingo tenha sido cheio de grandes emoções e realizações. Um abraço e uma semana com muita PAZ!

    ResponderExcluir
  2. Nádia, desenhamos o que desejamos tanto, em noites soltárias. Um lindo poema. Beijos.

    ResponderExcluir


  3. La mejor medicina para el corazón,
    es que lo llenemos de amor.
    Te entrego las primeras gotas de rocío
    para comenzar a cuidarlo...
    ...no te olvides de recogerlas.
    Entre ellas se encuentra
    una semilla de felicidad!!

    Que este sea un delicioso
    comienzo de semana para ti!!

    Atte.
    María Del Carmen



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Maria por sua carinhosas palavras. Beijos

      Excluir
  4. NÁDIA.NÃO CONSEGUI RESPONDER A VC NO FACE BOOK.ACHO QUE TEM QUE ME ADICIONAR.

    AGORA CONSEGUE.ERA O SITE OPROMO. OCORREU COM MUITOS. EXCLUÍ O CONTADOR DE PESSOAS ON LINE QUE ERA DELE. OUTRAS TB TINHAM, TENTE HOJE. VAI VER QUE CONSEGUE.

    BJS

    DONE

    ResponderExcluir
  5. A abstinência eh phoda, seja em que circunstância for. Muito boa poesia. És craque (show de bola, rs)

    Beijos !

    ResponderExcluir
  6. A solidão sempre é companheira de quem ama.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Nádia
    Que solidão!
    A nossa solidão não é nada do que eu vou posta lá pelas 16 horas, já me retiraram do ar, pois pornografia pode pôr, mas a verdeira História do Brasil, não.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  8. Oi Nádia: Desculpe os erros:
    A nossa solidão não é nada perto do que vou postar às 16h.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  9. Poema escrito com amor, certamente no momento que foi escrito a luz brilhava intensamente, a mesma focava o coração romântico.

    ag

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sentimentos criam asas Antonio, eu acredito na força do pensamento. Um bj

      Excluir
  10. Olá Nádia querida!
    Lindo poema, lindo sua entrega ao escrever. Amo isso!
    Obrigada pela visita em meu blog, já tinham me dito sobre o problema nos últimos dias, não sei o que aconteceu mas ainda bem que já foi resolvido.
    Obrigada por seu carinho, sempre bem vinda por lá.
    Linda semana, de muita inspiração.
    Beijos,
    Lis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te agradeço o carinho Lis e fico feliz que tenha resolvido o problema. Bjus

      Excluir
  11. Poema simplesmente maravilhoso, Nádia! Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grata por sua visita e cometário e fico feliz que tenha apreciado, bjusss Shirley

      Excluir
  12. Olá Nádia; belo poema...Espectacular....
    Se um dia a saudade vier ao seu encontro, deixe cair dos olhos uma lágrima e dos lábios um sorriso. Pois não são covardes os que choram por um dia ter amado.
    ~Ananda de Almeida Fonseca

    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fernando, e também por suas lindas palavras.

      Excluir
  13. QUE BELLO E INTENSO UUFFFFF DERRAMAS AMOR!!, BESOS DESDE MI BRILLO DEL MAR

    ResponderExcluir
  14. O amor sempre inspira, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lisette o amor inspira sempre, sempre, sempre... Bjus

      Excluir
  15. Esta ausencia que faz aquecer, que preenche as noites sedentos de amar,vem inspirar, vem iluminar estas noites que ganham vidas nesta bela arte de cantar o amor em toda sua plenitude.
    Belos versos e construção.
    Um abraço com carinho Nadia.
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor sempre inspira mesmo na ausência de quem se deseja, Obg por seu carinho Toninho, bjus.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos