quinta-feira, 4 de abril de 2013

Versos excitantes

Aqui dentro, no silencio, algo grita
Forte, intenso, como um tormento
É uma certeza que insana se agita
E livremente se mistura com o vento

São meus sentimentos, sonhos, versos
Se externando de dentro do meu ser
Em orações a se espalharem no universo
E que desejo em minha realidade viver

Meus versos chegam sempre ardentes
Rimas prazerosas de desejos frementes
Para livrarem aos outros de sua angústia...

E com minha alma procuro incessante
Deixar meus versos mais e mais excitantes
Para que despertem também a volúpia!
Nádia Santos
São Luis - MA
25/03/13

12 comentários:

  1. um soneto bem construído com palavras sensuais.
    um beijo

    :)

    ResponderExcluir
  2. Oi querida,
    Seu poema é um lindo convite ao amor!
    Você é uma poetisa nata
    Parabéns
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. É o amor e a paixão transbordando em cada verso.

    Beijão

    Lindo dia!

    ResponderExcluir
  4. É bem assim que sentimos, que escreves com a alma!
    Deixo o meu abraço, o meu carinho e muita saudade.
    Um lindo final de semana pra ti e a todos os que por aqui passarem.

    Bijos.

    Ivany

    ResponderExcluir
  5. BOM DIA MINHA QUERIDA !
    SEUS VERSOS ALÉM DE SER GRITANTES TEM O PODER DE SER EXCITANTES...
    BJS DE BOM DIA !

    ResponderExcluir
  6. Parabéns doce amiga, nem preciso dizer muitas palavras, basta dizer, você é incrivél! Talentosa.
    Cria, inventa, é especial. Uma das melhores do meu mundo virtual... Deus te abençoe amiga.

    Um abraço carinhoso
    Maria Machado

    ResponderExcluir
  7. Assim sinto-me num eterno amar...
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Aqui cheguei
    Depois do do dia das mentiras
    Mal a ninguém farei
    Nem tão pouco causar feridas!

    Amiga venho aqui
    Agradecer sua visita
    Versos excitantes eu li
    Fiquei contente acredita!

    Boa quinta-feira e um beijo
    para você, Eduardo.

    ResponderExcluir
  9. Sempre despertam. Você tem um toque fino para isso. Beijos. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Um soneto sensual e com uma mensagem de amizade.
    Lindo!
    Bem-haja!

    ResponderExcluir
  11. Aqui sim, posso escrever que dificilmente alguém me lê, mas este teu blogue é um puro tesão. Subtilmente, sem recorreres ao calão, vais-me deixando não raras vezes com o cacete a latejar... só não comento mais vezes porque, como sou um gajo que escreve espontaneamente, tenho receio de ferir sensibilidades.
    Beijinhos lindona!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge, querido, aqui podes escrever o que sentes,
      desde que não ofendas ninguém. Adoro seus comentários
      um bj lindo.

      Excluir

Tua visita e teu comentário são para mim motivos de alegria e são muito gratificantes, mas por favor, procure comentar apenas o conteúdo da leitura. Espero que encontre aqui algo que te conforte e te deixe com a alma mais leve ou... ardente. Volte sempre! Com carinho... Nádia Santos